24 fevereiro, 2008

Concurso internacional convoca jovens a opinarem sobre as cidades

"O que precisaria ser feito para transformar a sua cidade no lugar de seus sonhos?". Essa é uma das questões apresentadas aos jovens por um concurso internacional que quer discutir a questão urbana no mundo.
A competição é organizada pelo Banco Mundial, a Aliança de Cidades e o Governo da Noruega e convoca a participação de jovens de 18 a 25 anos. Eles devem elaborar um texto sobre o tema e inscrevê-lo no concurso até 23 de março.
Os detalhes e demais orientações para o evento estão no endereço www.essaycompetition.org. A justificativa principal para o concurso é o crescimento de mega-cidades no mundo e com ele o desafio de encontrar soluções para problemas urbanos como a pobreza, a degradação ambiental e a carência de serviços básicos (habitação, água, saneamento, energia, estradas, entre outros)
Segundo os organizadores do evento, a cada dia mais e mais pessoas nos países em desenvolvimento, particularmente na África e na Ásia, migram do campo para a cidade.

20 fevereiro, 2008

Na reunião do Conselho Municipal de Saúde...

PAC - Pronto atendimento à Criança

A mesa diretora não acatou o pedido de discussão do projeto. A Pastoral do Idoso havia solicitado pedido de discussão no conselho, através de ofício e foi comunicada que o assunto já havia sido apresentado, discutido e aprovado na reunião do CMS de 28/06/05. O problema é que o projeto apresentado e aprovado pelo conselho não é o que está sendo implementado, segundo a ata da reunião de 2005.O projeto original previa a instalação no Hospital Municipal, com adequação do espaço físico, "com pequeno aumento de funcionários" e "o custo é baixo pela qualidade do serviço que será prestado".O assunto deverá ser discutido pelo CMS na próxima reunião após análise pela Comissão de Avaliação e Assistência, pois a prefeitura já licitou empresa para atuar no PAC (segundo edital de licitação 645/2007) que funcionará anexo ao NIS Zona Norte, mesmo sem discussão prévia com o Conselho.

Prestação de contas 4° Trimestre

Foi aprovado pela maioria dos conselheiros, porém alguns pontos merecem destaque:A secretaria de saúde afirma ter um superávit de cerca de 18%, ou seja, dos cerca de 143mi destinados à area da saúde, foram gastos 116mi. Mesmo assim há uma dívida que vem se arrastando desde 2003 e 2004, onde ainda falta o pagamento de cerca de 2mi.A prefeitura investiu 19,65% do orçamento do município, na área da saúde. 4 pontos percentuais a mais do que o exigido por lei.Ainda assim faltam médicos, no Hospital Municipal o atendimento tem problemas, as consultas especializadas são as grandes vilãs das filas de espera (para uma consulta oftalmológica a demora é de 15 meses).Segundo o Secretário de Saúde, não sobrou dinheiro "apenas gastamos menos do que arrecadamos" - 27 milhões a menos, diga-se de passagem!